dreamed of

“Diga que ama no supermercado, na fila do McDonald’s, na música de abertura do show do Frejat, lavando a louça, na garagem do prédio. Sem cerimônia ou ato solene, diga ‘eu te amo’ balbuciando, rindo, gritando, antes do outro, sem esperar ouvir o mesmo. Pode parecer impulso, mas se dizes é porque sentes, ainda que por uma fração de segundo, então exercite seu direito de falar o que quiser, de amar quem você quiser. E não se arrependa, já que dizem que o sublime está no banal, nas pequenas coisas. E daí se o ‘eu te amo’ está perdendo o impacto? Não deveria servir para chocar ninguém mesmo.” Gabito Nunes.

“Um relacionamento deve ser construído com verdade. A verdade, nua e sem retoques, nem sempre é bonita. Tem o lado ruim, tem a briga, tem a discussão, tem aqueles dias em que parece que vocês estão completamente fora de sintonia. Tem vezes, inclusive, que a gente se pergunta o-que-tô-fazendo-com-essa-anta? Tem tudo isso. Tem a raiva, tem a irritação, tem tudo. A verdade é que existe um lado feio do amor.”

—   Clarissa Corrêa  

(Fuente: auroriar, vía analaurabaldin)

(Fuente: worena)

(Fuente: b1ackandwh1t3w0r1d, vía aboutis)

(Fuente: exemplificar, vía aboutis)

(Fuente: i-n-s-e-n-s-i-v-e-l, vía aboutis)